Foto: Edson Castro

Escolinha do Atlântico atua na formação de atletas e cidadãos

Um dos maiores clubes do Futsal Brasileiro depende também de suas categorias de base, desta forma o Atlântico conta com o projeto chamado “Escolinha do Galo”, disponibilizando aulas do sub-7 ao sub-20, como uma forma de abrir portas para o atleta chegar ao seu maior sonho, o Futsal profissional.

Este projeto não se enquadra apenas na formação de um atleta de Futsal, mas também para a formação de cidadãos íntegros, capazes de resolverem situações difíceis que enfrenta diariamente, dando é claro uma atenção especial ao processo de aprendizagem e desenvolvimento motor da criança, enfatizando respeito próprio e pelo outro, disciplina, sociabilização, entre outras qualidades que contribuem e muito para a formação dos atletas.

Neste ano de 2021 o treinador Thiago Raupp tem a sua disposição cinco atletas oriundos das categorias de base do Galo, Muriel e Guto, que assinaram seus primeiros contratos profissionais, além do goleiro Trevisan, do fixo Érick e do ala Ricardo, todos do sub-20 da equipe.

O Professor responsável pela escolinha lembrou da importância da volta as aulas nas quadras ” São dois fatores importantes, uma é a integração social entre as crianças, junto com a prática esportiva, e a segurança que o clube está dando para que as crianças possam retornar as aulas”.

No último ano a equipe sub-20 do Galo foi campeã do campeonato Gaúcho, promovido pela Federação Gaúcha de Futebol de Salão, e vice-campeão da Liga Gaúcha de Futsal.

Fonte: Assessoria

Compartilhar Tweetar Encaminhar